O comportamento dos consumidores está em constante transformação. Muitas empresas já perceberam que, se querem desenvolver marketing mais efetivo, precisam colocar os clientes como o centro da sua estratégia, a fim de refletir sobre qual a experiência que desejam proporcionar.

É dentro desse contexto de querer entregar boas experiências ao consumidor que se destacou o Design de Serviços, pois oferecer serviços de qualidade é o objetivo de qualquer negócio.

Contudo, muitos ainda não sabem como fazer essa tarefa, por mais que seja sua prioridade. Os consumidores, de qualquer forma, continuam procurando serviços e produtos com ótimos atendimentos.

É essencial que as empresas entendam que os seus produtos ou serviços já não são os itens mais importantes — hoje, os consumidores valorizam toda a experiência que vivenciou. O Design de Serviços é uma porta para a melhor vivência dos seus clientes! Quer saber mais sobre e suas vantagens? Então, continue lendo o nosso post!

O que é Design de Serviços?

Nos últimos anos, a prestação de serviços mudou bastante, assim como as perspectivas das pessoas acerca deles. Isso é devido a diversos fatores como a tecnologia e o aumento dos meios de comunicação e de qualidade de vida.

Mas, principalmente com o avanço da tecnologia nas últimas décadas e com serviços e produtos cada vez mais digitais, as empresas perceberam que precisavam começar a aderir a essas novas tecnologias para não serem passadas para trás.

Um dos meios que utilizam para isso é por meio do design de serviços, o qual envolve escolher pontos mais relevantes na hora de entregar serviços ou produtos e criar um design de experiência para os potenciais usuários com qualidade e coerência.

Ele tem o papel de remover elementos fracos do design da empresa e coordenar uma experiência do consumidor que reflita qualidade e os valores da marca.

O Design de Serviços tenta responder, essencialmente, perguntas base acerca da experiência dos usuários ao interagirem com a marca, como:

  • qual deve ser a experiência dos usuários ao usar o serviço?
  • qual deve ser a experiência dos funcionários ao prestar o serviço ou vender um produto?
  • como a empresa se mantém fiel e relevante à sua tarefa com o consumidor?

Por fim, usando as metodologias do Design, essa ferramenta trabalha de modo a entender os perfis dos seus consumidores, suas necessidades e os desejos para garantir que seu trabalho seja relevante para quem usar e se mantenha na competição dentro do mercado.

Entendendo mais sobre o Design de Serviços, você precisa também saber quais são suas vantagens ao utilizar. Continue lendo!

Quais são as suas vantagens?

Por mais que sua maior qualidade esteja às claras — que é fortalecer a experiência dos consumidores —, também é essencial conhecer os outros benefícios tanto para os clientes como para a sua empresa. Confira alguns deles:

Foco no cliente

De acordo com as mudanças do comportamento da sociedade, os modelos de produção e a forma como as marcas se relacionam com os seus clientes também se alteram.

Certamente, os consumidores atuais têm a necessidade de produtos e serviços mais personalizados que atendem completamente seus desejos.

Devido a isso, tudo o que sua equipe criar precisa estar relacionado em como vai impactar seus clientes. Com o design de serviços, você conta com ferramentas inovadoras que auxiliam na projeção dos serviços mais ideais.

Os seus serviços não são somente um processo de produção, mas sim experiências. Por isso, na hora de desenvolver um produto novo, é preciso pensar na vivência que os seus consumidores vão ter com ele e se é o que eles realmente precisam.

Além do seu design centrado no cliente e a preocupação com as suas experiências, a usabilidade também deve ser um ponto bem pensado na hora de pôr algo à venda no mercado e, assim, conseguir atingir o desejo dos usuários.

Produtos e serviços de qualidade

Esse tipo de design busca, de forma estratégia, entender melhor os processos de desenvolvimento de serviços e produtos com qualidade. Para isso, consideram a experiência de todas as pessoas que estejam envolvidas, até os vendedores, com o objetivo de projetar ações que influenciem o resultado final.

Esse conceito deixou de ser somente luxo empresarial e virou uma necessidade, — fazendo com que muitos negócios consideram até como uma prioridade —, pois esse fator virou, no atual momento, uma forma melhor de se destacar e se diferenciar dentro do mercado que vive em constantes transformações.

Essas alterações no mercado têm acontecido devido à mudança de expectativas dos usuários, pois eles desejam que as empresas os sirvam de outras maneiras, não somente oferecendo os seus produtos.

Por exemplo, se uma pessoa se depara com duas lanchonetes com bons produtos, certamente, ela vai optar pela que tiver um bom atendimento e melhor relação com os consumidores.

Os clientes desejam ter um maior valor e, por isso, desejam que os produtos se transformem em serviços e que as marcas sejam seus provedores.

Uso de tecnologias de ponta

A experiência dos usuários precisa ser diferenciada, inovadora e com qualidade para que, assim, eles se sintam maravilhados com o serviço. Durante esse processo, a tecnologia é uma interface e as empresas devem utilizá-la para atender às pessoas e suas necessidades.

Por isso, algumas empresas prestadoras de serviços que estão conectadas digitalmente ou contam com tecnologias de ponta fazem tanto sucesso. Além de suprir suas demandas, contam com um atendimento rápido, fácil e atencioso que acabam por fazer grandes diferenças.

Maior organização

A organização do design de serviços pode ser uma etapa bastante complexa. É importante considerar que, antes de pensar na experiência de qualquer pessoa, todo o seu trabalho deve contar uma organização excepcional.

Normalmente, é gerenciado pelo RH, mas, nessa questão, não existem motivos para que os profissionais da área de UX, serviços e designers não se envolvam.

Um time bem estruturado é a chave para prestar serviços com princípios essenciais de organização, que tem a capacidade de aumentar o seu potencial.

Os seus times devem ser organizados a fim de realizarem os processos de suas competências, garantindo autonomia para tomada de decisões úteis e o resultado final contar com toda a eficiência do seu negócio.

Portanto, agora você conhece os princípios do Design de Serviços e como ele pode ajudar você na relação da sua empresa com os seus clientes! Gostou do nosso artigo? Então entre em contato conosco e saiba o que temos mais a oferecer!

quer saber das novidades?

assine nossa newsletter