Mesmo quando a empresa oferece bons produtos e entrega no prazo, qualquer ponto de contato não planejado pode afastar os consumidores. Podem ser erros de cobrança, marketing mal direcionado ou site desorganizado, por exemplo.

Ainda assim, muitos desses aspectos podem ser mantidos sob controle: só é preciso saber como identificá-los e fortalecê-los. Quer entender mais sobre esse tema? Então continue a leitura deste post!

O que é ponto de contato?

Os pontos de contato representam o caminho que o consumidor faz entre conhecer um produto e decidir comprá-lo, com base nos atributos do fornecedor. São, então, todos os meios usados pela marca para se expressar, do ponto de venda ao cartão de visitas.

Existem muitos pontos e, em cada um deles, o cliente analisa a marca para tomar uma decisão. Por isso, é importante que esses aspectos o envolvam para que ele efetive a compra.

Além disso, esse processo engloba itens inerentes às ações de comunicação, marketing e distribuição da empresa. Isso inclui os mais diversos pontos de contato da marca, como as equipes de vendas, a identidade visual, a logo, o site, o design de produto e o atendimento.

Como fortalecê-los?

Fortalecer os pontos de contato é essencial para a organização. Veja como fazer isso a seguir!

Pense nas emoções do consumidor

Cada interação dos clientes com a companhia pode causar sentimentos específicos. Pode ser felicidade, segurança, exclusividade ou outros — todas essas sensações ajudam a aumentar a fidelização do consumidor.

Contudo, quando não são tratadas com cuidado, essas interações podem acabar em percepções ruins, como frustração e arrependimento. E isso faz o cliente não querer voltar mais.

Por isso, é preciso se preocupar com a relação do público com a marca e os impactos que esse contato pode causar. Então, pergunte ao cliente o que ele acha do atendimento, do relacionamento com a marca ou do site e peça sugestões para melhorá-los!

Invista nos cinco sentidos

Todas as emoções podem, em alguma medida, ser escutadas, vistas, sentidas, provadas ou cheiradas. Por isso, vale a pena investir nos cinco sentidos e relacioná-los com os pontos de contato da companhia.

Uma forma interessante de fazer isso é com a distribuição de brindes. Esses mimos trazem boas sensações aos clientes, além de demonstrar a preocupação da companhia com eles.

Conheça o público da empresa

É essencial conhecer o público-alvo. A organização deve saber quais são seus objetivos, suas necessidades e suas expectativas. E mais: precisa atentar-se ao que os clientes procuram para, assim, poder se comunicar de modo eficaz com eles.

Para isso, a empresa deve otimizar sua comunicação com os potenciais usuários. Uma boa opção é utilizar páginas oficiais ou redes sociais para manter uma relação próxima com a audiência para conhecê-la melhor.

Supere as expectativas dos consumidores

Outra preocupação do empreendimento deve ser com a expectativa dos clientes. Quando compra um produto, o consumidor quer receber um item de qualidade e que atenda à descrição apresentada.

Assim, corresponder a essa busca é essencial, mas o ideal é sempre superar as expectativas. Afinal, ir além do que o consumidor espera pode surpreendê-lo positivamente, promover bons sentimentos e, assim, torná-lo um cliente fiel.

Qual a diferença entre ponto de contato e ponto de venda?

O ponto de venda é qualquer loja física tradicional em que as compras são feitas, como lojas de shopping e quiosques. Já os pontos de contato são os meios utilizados pela empresa para chegar aos clientes.

Em geral, o ponto de venda tem visão limitada à realização de vendas. O ponto de contato, por sua vez, é qualquer meio em que a marca se expressa para o público em busca de captar e fidelizar novos clientes.

E aí, o que achou deste post? Deixe seu comentário para contar sua experiência ou expor sua dúvida e entre nessa conversa com a gente!

Quer receber nossas novidades?

Cadastre-se para receber nossa newsletter.